Arquivo do mês: fevereiro 2008

Nebulosa

No ilimitado espaço de minha loucuraa infinita intriga de uma nebulosadá o ar da graça…Corpo de luz entre corpos nus,celestiais.Teu é o brilho que me cega,nebulosa visãoque vislumbro no hiperespaçoda paixão. Anúncios

Publicado em Poesia | 2 Comentários

30 anos

Antes de nos conhecermos o mundo parecia incompleto. Nos encontramos, e o mundo parecia demasiado, sobrando…   Fomos nos descobrindo, um do outro, nos apossando, nos ofertando um ao outro, um ao outro completando…   Ano após ano trocando delícias, … Continuar lendo

Publicado em Poesia | 4 Comentários

Mergulho

  tenho estado estático tenho estado estúpido tenho estado extásico na estética do teu corpo   tenho sido lúcido tenho sido esdrúxulo tenho sido múltiplo na plasticidade de tua palavra   tenho vivido cúpido tenho vivido teso tenho vivido tórrido … Continuar lendo

Publicado em Poesia | 1 Comentário

Brasília

Com asas e eixo central te quiseram avião. Mentira, Brasília, Brasília, mentiram.   A mecânica dos poentes orienta teu voo, orienta tua vida. Acorda, Brasília; Brasília, respira!   Já não és avião, és pássaro, tens coração. Teu bico torto, de … Continuar lendo

Publicado em Poesia | 2 Comentários