Arquivo do mês: junho 2006

Ĉe Lampo

  Ĉe stratangulo estas lampotenilo. Tien iras la senfaruloj tie ili ludas tie ili kamaradas tie ili bone fartas   Ĉe la lampotenilo je la stratangulo aro da homoj staras. Seriozaj homoj laboremaj homoj — korpon senfarulan ili rigardas   … Continuar lendo

Publicado em Esperanto | 2 Comentários

Absinto

  Escolha nas nuvens de chuva, o mais rápido raio e o envie à alegria, com o recado: hoje não estou disponível. Convide as nuvens carregadas, notadamente as mais escuras, para que se acheguem. Haveremos de, juntos, descolorir o dia. … Continuar lendo

Publicado em Is born yah!!! | 1 Comentário

Doceria da Esquina (Memórias de 64)

Cuidado. Na esquina há uma doceria. Não entre, não tente, se ausente que das vitrines ilusórias nos observam empapuçados olhos-de-sogra. Cuidado agora. Há lá brigadeiros. E balas. E bombas. Bombas de montão. E, feito de licor e chocolate, um canhão! … Continuar lendo

Publicado em Poesia | 2 Comentários

A temática Social no teatro de Plínio Marcos

     Texto-resumo de "O pensamento giratório", tendo como tema "A temática social no teatro de Plínio Marcos" –   evento: Aldeia Capim Dourado – SESC Tocantins – Palmas, 02 a 06.6.2006                              Plínio Marcos dá a chave para a presença tão marcante da realidade … Continuar lendo

Publicado em Crítica literária | Deixe um comentário